Business Leaders Commit to Water Sustainability at Rio+20; In Special Communiqué, CEOs Urge Complementary Action From Governments

Primary tabs

Business Leaders Commit to Water Sustainability at Rio+20; In Special Communiqué, CEOs Urge Complementary Action From Governments

tweet me:
Business Leaders Commit to Water Sustainability at #rioplus20 http://goo.gl/YoIIa #compact4rio #sustainability
Monday, June 18, 2012 - 1:30pm

CAMPAIGN: Rio+20 Corporate Sustainability Forum

CONTENT: Press Release

(3BL Media) Rio de Janeiro - June 18, 2012 - A group of 45 chief executive officers, representing a diverse range of global companies and regions, today announced a major commitment to advance corporate water management practices, and called on governments attending the Rio+20 Earth Summit to make global water security a top priority.

In a special Communiqué carrying the names of all 45 CEOs, the business leaders highlighted the urgency of the global water crisis, calling on governments to step up their efforts and to work more actively with the private sector, civil society and other stakeholders.

The CEOs – all of whom are endorsers of the Global Compact’s CEO Water Mandate – outline a range of public policy actions they believe governments should undertake to make meaningful progress on water and to better leverage the resources and capabilities of the international business community. 

These include:

  • Developing policies and incentives to improve water productivity and efficiency in all sectors, especially agriculture.
  • Establishing fair and appropriate valuation of water for agriculture, industry, and people – while at the same time ensuring water and sanitation access in accord with the UN human right to safe water and sanitation. 
  • Increasing investment in infrastructure and developing policies to accelerate progress on access to, and ensuring efficient and reliable delivery of, water and sanitation services.
  • Sharing policies, innovations, and tools among governments and other stakeholders in order to scale up good practice and to improve general efficacy over time.
  • Working more actively with the business community, private finance and civil society.

In the Communiqué, the endorsing companies commit to expanding their water-management practices, which include actions such as: i) setting targets on water efficiency and waste-water management in factories and operations; ii) working with suppliers to improve their water practices; and iii) partnering with non-governmental organizations, UN agencies, governments and public authorities, investors, and other stakeholders on water-related projects and solutions. The Communiqué includes an appendix outlining examples of activities and commitments being undertaken by many of the endorsing companies.

In the Communiqué, the 45 CEOs commit to “working more actively with governments and public authorities – in responsible and transparent ways – to help solve the global water crisis”.

Approximately 800 million people in the world lack access to safe drinking water, and 2.5 billion lack basic sanitation. Due to including population growth, urbanization and industrialization trends and climate change, the United Nations estimates that two thirds of humanity will live in water-stressed regions by 2025.

All 45 chief executives are endorsers of the Global Compact’s CEO Water Mandate, a business-focused initiative launched by UN Secretary-General Ban Ki-moon in 2007. The special Communiqué was issued today at the Global Compact-hosted Corporate Sustainability Forum in Rio de Janeiro, just days before the official opening of the UN Conference on Sustainable Development, known as Rio+20.

“This is a powerful statement by business leaders to governments everywhere – make water sustainability a priority,” said Gavin Power, Deputy Director the UN Global Compact, and Head of the CEO Water Mandate. 

He added: “The global water crisis demands collective action – uniting business, the public sector, civil society, and other stakeholders. This Communiqué and the examples of action show that many businesses are ready to raise their game even further – urging that governments do the same. Hopefully, Rio+20 will help focus minds and lead to a new era in which water-aware governments take decisive action, working with business and other partners to achieve related sustainability goals in the years and decades ahead.”

# ### #

About the Rio+20 Corporate Sustainability Forum: 
Innovation and Collaboration for the Future We Want 

Hosted by the UN Global Compact, in cooperation with the Rio+20 Secretariat, the UN System and the Global Compact Local Network Brazil, the Rio+20 Corporate Sustainability Forum (15-18 June 2012) seeks to bring greater scale and quality to corporate sustainability practices, as a critical contribution to sustainable development. As a showcase for innovation and collaboration, the Forum is designed to be a launching ground for widespread action. With more than 2,000 participants in attendance, the Forum features over 100 sessions focused on six themes central to the Rio+20 agenda: Energy & Climate, Water & Ecosystems, Agriculture & Food, Social Development, Urbanization & Cities, and Economics & Finance. www.compact4rio.org

About the UN Global Compact
Launched in 2000, the United Nations Global Compact is a both a policy platform and a practical framework for companies that are committed to sustainability and responsible business practices. As a multi-stakeholder leadership initiative, it seeks to align business operations and strategies with ten universally accepted principles in the areas of human rights, labour, environment and anti-corruption, and to catalyze actions in support of broader UN goals. With 7,000 corporate signatories in 135 countries, it is the world’s largest voluntary corporate sustainability initiative.www.unglobalcompact.org

Media Contacts 

IN RIO DE JANEIRO:
Forum Spokesperson Tim Wall, +1 213-447-5954, 55 21 9283 7118,timwall123@gmail.com

Deputy Spokesperson Kristen Coco, +1 917-288-0787, 55 21 6845 6925,cocok@un.org

Vanessa Ramalho, Forum Media Relations Staff,Vanessa.ramalho@imagemcorporativa.com.br
55 11 80319009

IN NEW YORK:
Global Compact Head of Public Affairs Matthias Stausberg, +1 917-367-3423,stausberg@un.org

###

Líderes Empresariais se Comprometem com a Sustentabilidade da Água na Rio+20 – Em Comunicado Especial, CEOS Demandam Ação Complementar dos Governos 

(Rio de Janeiro, 17 de Junho 2012) – Um grupo de 45 CEOs (Chief Executive Officer), representando um grupo diverso de companhias globais e regionais, anunciou hoje um grande compromisso para avançar práticas corporativas de gerenciamento de água,. Os executivos lançaram um apelo aos governantes presentes à Cúpula da Terra da Rio+20 para tornar a segurança da água uma prioridade máxima. 

Em um comunicado especial assinado por todos os 45 CEOS, os líderes empresariais destacaram a urgência da crise global da água, fazendo uma chamada aos governos para aumentarem seus esforços e trabalharem mais ativamente com o setor privado, sociedade civil e stakeholders. 

Os CEOS, que são todos signitários do compromisso “Mandato da Água do CEO” do Pacto Global das Nações Unidas, apresentaram uma série de ações de política pública que eles acreditam poderiam ser empreendidas pelos governos para fazer progressos significativos sobre o uso da água e alavancar os recursos e as capacidades da comunidade empresarial internacional.

Entre as medidas incluídas estão:

  • Desenvolver políticas e incentivos para melhorar a produtividade da água e a eficiência em todos os setores, especialmente a agricultura.
  • Estabelecer uma avaliação justa e apropriada da água para agricultura, indústria e a população – ao mesmo tempo que assegurando o acesso à água e saneamento de acordo com o que expressa o direito das Nações Unidas à água segura e saneamento.
  • Aumento do investimento em infraestrutura e desenvolvimeno de políticas para acelerar o progresso, garantindo entrega eficiente e confiável de serviços de água e saneamento.
  • Compartilhar políticas, inovações e ferramentas entre os governos e outros stakeholders, para elevar a escala de boas práticas e melhorar a eficácia em geral ao longo do tempo.
  • Trabalhar mais ativamente com a comunidade empresarial, financiamento privado e sociedade civil.

No comunicado, as empresas signatárias se comprometem a expandir suas práticas de manejo de água, que inclui ações como: i) estabelecer metas para gerenciamento da eficiência e do desperdício da água em fábricas e unidades de negócios; ii) trabalhar com fornecedores para melhorar suas práticas em relação à agua; iii) Fazer parcerias com organizações não-governamentais, agências das Nações Unidas, governos e autoridades públicas, investidores e outros stakeholders em projetos e soluções relacionadas à água. O comunicado inclui um apêndice destacando os exemplos de atividades e compromissos que estão sendo feitos por muitas das empresas que apoiam o compromisso 

No comunicado, os 45 CEOs se comprometem a “trabalhar mais ativamente com governos e autoridades públicas – de maneira responsável e transparente – para ajudar a resolver a crise global de água”.

Aproximadamente 800 milhões de pessoas no mundo não tem acesso à água potável e 2.5 bilhões não possuem saneamento. Devido a corrente de crescimento populacional, urbanizações e industrialização e a mudança climática, as Nações Unidas estimam que dois terços da humanidade viverá em regiões com problemas de água em 2025.

Todos os 45 CEOS endossaram o “Mandato da Água do CEO” do Pacto Global, uma iniciativa focada para empresas lançada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon em 2007. O comunicado especial foi lançado hoje no Fórum de Sustentabilidade Corporativa organizado no Rio de Janeiro pelo Pacto Global das Nações Unidas, pouco dias antes da abertura oficial da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).

“Esse é uma poderosa declaração dos líderes empresariais para os governos de todo mundo – façam da sustentabilidade da água uma prioridade”, disse o diretor-substituto do Pacto Global das Nações Unidas e chefe do Mandato da Água do CEO, Gavin Power.

Ele acrescenta: “A crise global da água demanda ação coletiva – unindo empresas, o setor público, sociedade civil e outros stakeholders. Esse comunicado e os examplos de ação mostram que muitas empresas estão prontas para elevar ainda mais o jogo – demandando que os governantes façam o mesmo. Esperançosamente, a Rio+20 ajuda a focar as mentes e guiar para uma nova era em que governos atentos à questão da água tomem ação decisiva, trabalhando com empresas e outros parceiros para alcançar as metas relacionadas à sustentabilidade nos anos e décadas futuros”.

Informações à Imprensa:

Porta-voz do Fórum, Tim Wall , + 213 447 5954 | (21) 9283-7118 |timwall123@gmail.com
Porta-voz substituta do Fórum, Kristen Coco, + 917 288 0787 | (21) 6845-6925 |cocok@un.org
Fernanda Arimura (11) 3526-4505 | (11) 7636-1794 | (11) 7544-8331 |fernanda.arimura@imagemcorporativa.com.br 
Vanessa Ramalho (11) 3526-4501 | (11) 9264-5342 |vanessa.ramalho@imagemcorporativa.com.br

Em Nova York:
Chefe de Public Affairs do Pacto Global, Matthias Stausberg, + 1 917 367 3423,stausberg@un.org

Sobre o Fórum de Sustentabilidade Corporativa da Rio+20:
Inovação e Colaboração para o Futuro que queremos

Promovido pelo Pacto Global das Nações Unidas, em cooperação com o secretariado da Rio +20, Sistema das Nações Unidas e a Rede Brasileira do Pacto Global, o Fórum de Sustentabilidade Corporativa da Rio+20 (15-18 de Junho 2012) procura trazer maior escala e qualidade às práticas de sustentabilidade corporativas como uma contribuição crítica para o desenvolvimento sustentável. Como uma vitrine para inovação e colaboração, o fórum foi desenhado como um campo de lançamento para ações que se espalhem pelo mundo. Com mais de 2.000 participantes, o fórum conta com mais de 100 sessões focadas em cinco temas centrais para a agenda da Rio+20: energia e clima, água e ecossistemas, agricultura e alimentação, desenvolvimento social, urbanização e cidades, e economia e finanças. www.compact4rio.org

Sobre o Pacto Global das Nações Unidas

Lançado em 2000, o Pacto Global das Nações Unidas é uma plataforma de orientação política e um quadro de práticas para as companhias que estão comprometidas com a sustentabilidade e as práticas de responsabilidade nos negócios. Como uma iniciativa de liderança multi-stakeholder, procura alinhar as operações de negócios e as estratégias com os dez princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção e capitalizar ações de suporte aos objetivos mais amplos das Nações Unidas. Com mais de 7.000 signatários corporativos em 135 países, essa é a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa voluntária do mundo. www.unglobalcompact.org

Contact

Tim Wall
+1 (213) 447-5954
UN Global Compact
Kristen Coco
+1 (917) 288-0787
UN Global Compact
Keywords: Environment | Corporate Social Responsibility | Corporate Sustainability | Events, Media & Communications | Innovation & Technology | Responsible Business & Employee Engagement | Responsible Production & Consumption | Rio+20 | Social Impact & Volunteering | UN Global Compact | responsible business

CAMPAIGN: Rio+20 Corporate Sustainability Forum

CONTENT: Press Release

parse.ly